Imagem capa - Casamento, eventos e o Corona vírus... o que eu faço? por Photolima Fotografia de Casamento
CASAMENTODICAS

Casamento, eventos e o Corona vírus... o que eu faço?


Nessa pandemia que vem acontecendo sobre o corona vírus, vemos que há uma preocupação sobre a saúde e a insegurança das pessoas e quais são as informações corretas, já que existe também as famosas fake news. O que fazer e como se prevenir diante dessa loucura que vem acontecendo.


Sabia que muitos setores serão prejudicados? O turismo e os eventos são alguns deles


O Turismo faz parte do casamento, principalmente quando se trata da lua de mel, e também destination wedding.


Mas não só nisso, há também casamentos onde familiares vem de outras cidades, estados e até de outros países para essa linda festa, essa linda celebração, onde o acumulo de pessoas é grande e corre o risco de alguma contaminação no ambiente sem que as pessoas percebam, afinal de contas, o vírus fica encubado e demoram dias para que os sintomas do corona vírus apareçam.


Em relação a eventos e casamentos, há uma grande concentração de pessoas, e que não se trata apenas de convidados, mas também de fornecedores que, podem vim de outros lugares e assim sem intenção nenhuma trazer algum risco ao publico envolvido no evento.


Há uma mescla entre crianças, jovens e idosos no casamento.


Até então, sabemos que os idosos são os que correm mais riscos, sendo assim os pais, tios e avós que ficam no foco do vírus. Mas qualquer pessoa pode carregar o virus e transmitir para outras pessoas uma vez que estão todos juntos e em contato.


As crianças e os adolescentes, por exemplo, parecem contrair o agente infeccioso e transmiti-lo, porém dificilmente ficam derrubados a ponto de serem internados. Já indivíduos mais velhos e com doenças crônicas são mais suscetíveis às complicações da enfermidade.



A INTENÇÃO DESSE POST É FALAR SOBRE OS EVENTOS, CASAMENTOS, E ALTERAÇÕES DE DATAS. 


CASO VOCÊ QUEIRA SABER MAIS SOBRE O CORONA VÍRUS, PREVENÇÕES, SINTOMAS E ETC... HÁ DIVERSOS PORTAIS E SITES FALANDO SOBRE.


VOU DEIXAR AQUI UM LINK DO PORTAL SAÚDE DE SP (CLIQUE AQUI), CASO QUEIRA SABER SOBRE OS EVENTOS CONTINUE LENDO.


Apesar da alegria de estar com amigos e família, evite contatos e multidões 




* O que fazer com meu casamento?


Tive um caso recente onde um casal (cliente meu), alterou a data do casamento por conta do evento estar próximo de 20 dias.


Os pais do noivo moram na Europa, e alguns amigos e familiares vem de outras cidades e estados, e eles não querem correr o risco.


Além disso o governo decidiu interromper eventos com mais de 200 pessoas (ou 500, não me lembro bem agora), incluindo shows, teatros, cinemas... e claro que os casamentos também seriam afetados.


Vamos lá!! Vou falar da minha experiência e o que pode ser feito em relação a isso.


Se vocês, casal de noivos estão preocupados com seu casamento que está próximo, há algumas coisas que podem ser feitas, porém fica por conta de vocês ver qual é a melhor escolha a se fazer.


1 - Trocar a data do casamento por outra:


Uma das opções é trocar a data do casamento por outra. O complicado será encontrar uma data em que todos o s seus fornecedores contratados estejam disponíveis para determinado dia. Essa dificuldade pode ser uma barreira na nova organização pois cada fornecedor trabalha com sua própria agenda.


Pode sim acontecer de todos estarem disponíveis na próxima data prevista, porem ha uma porcentagem baixa de isso dar certo.


Nesse caso todos saem perdendo, e não só o casal. Vou te explicar porque:


Quando acontece de alterar a data de algum evento, além de ver se temos a disponibilidade, nós temos essa data trocada, perdida.


2 - Trocar a data por um domingo ou uma sexta feira:


Vocês podem também optar por trocar a data por uma sexta-feira ou um domingo. Esses dois dias da semana são menos comuns e menos disputados para eventos.


Sim, acontecem muitos eventos em outros dias da semana. Mas posso te dar certeza que os sábados são mais buscados e disputados entre as datas. Falo isso por experiencia própria.


Dessa forma fica mais fácil de conseguir com todos ou a maioria dos fornecedores a data para reagendar seu casamento.


3 - Manter a data e arriscar:


Essa é a opção mais arriscada no momento. Manter a data pode ser arriscado para seus pais, avós, e até os demais convidados que possam ter algum problema respiratório.


Esperamos que esse surto do Corona Vírus passe o mais rápido possível. 


Com fé eu acredito que de um a três meses tudo esteja resolvido, ou pelo menos que esteja mais controlado. Mas não há como ter certeza.


Enfim, vale uma reflexão.


* Como lidamos com isso?


No nosso caso, temos a flexibilidade de alterar a data. Normalmente, sem custo. Mas isso vai depender do que será feito, e vamos analisar caso a caso.


Como disse, todos saem perdendo. Mas é preciso olhar com um pouco de positividade e benefício em prol da saúde das pessoas, e a segurança de um evento realizado. 


Entre em contato com cada fornecedor e converse para saber como cada um deles vai lidar com essa situação.


Caso você tenha fechado com a gente, e queira saber mais, você pode entrar em contato direto comigo >>>CLICANDO AQUI <<<.



----------------------------------------


Hoje com tantas informações na internet, fica cada vez mais difícil saber em qual confiar.


*As medidas que tomamos aqui foram, evitar sair e ficar mais em casa e trabalhar home oficce, não agendar ensaios fotográficos e nem pré wedding nesse momento, e evitar lugares muito movimentados.


Lavar bem as mãos e o rosto com água e sabão, e usar o álcool para limpeza. 


Espero ter ajudado em algo. Obrigado por ler esse post.


E se você ainda não conhece nosso trabalho, você pode ver no nosso site por aqui mesmo >> CLICANDO AQUI <<

Nos siga no instagram >> CLICANDO AQUI <<

ou me chame no whatsapp >> CLICANDO AQUI <<